UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 15 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SONJA LUANA REZENDE DA SILVA
23/02/2015 15:37


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SONJA LUANA REZENDE DA SILVA
DATA: 26/02/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Sala Multiuso do PPEC
TÍTULO: Crescimento e reprodução de camarões marinhos (Decapoda:Penaeidae) no nordeste do Brasil
PALAVRAS-CHAVES: Pesca, Xiphopenaeus, Litopenaeus, Farfantepenaeus.
PÁGINAS: 35
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Ecologia
SUBÁREA: Ecologia de Ecossistemas
RESUMO:

Os camarões peneídeos compõe a fauna de invertebrados marinhos bentônicos, possuem grande importância ecológica no seu hábitat, desempenhando papeis típicos da megafauna bentônica, como elementos estruturadores de comunidades ao realizarem interação de predação competição e bioturbação do sedimento superficial. Além disso, grande parte deles são espécie de alto valor comercial, sendo reconhecidos, como um importante recurso pesqueiro por toda costa brasileira. A dinâmica reprodutiva e crescimento desses animais é fortemente influenciada por fatores abióticos, como a característica do fundo oceânico (tipo de sedimento), temperatura e salinidade da água, disponibilidade de alimento, marés e correntes marinhas que atuam em uma determinada região. A escassez sobre o conhecimento do crescimento e dinâmica reprodutiva para peneídeos na região nordeste do Brasil, bem como dos principais fatores abióticos atuantes na modelagem dessa dinâmica, diminui a eficiência dos planos de manejo para as espécies exploradas, uma vez que eles são elaborados com base nesses parâmetros populacionais. Portanto, o presente estudo tem como proposta avaliar o crescimento e dinâmica reprodutiva das espécies Xiphopenaeus kroyeri, Litopenaeus schmitti e Farfantepenaeus subtilis, para a região costeira de Sergipe, e analisar a influência dos fatores abióticos (temperatura e salinidade da água, textura e matéria orgânica do sedimento e pluviosidade) para essa dinâmica, bem como verificar se existe variação na dinâmica entre essas espécies. Os camarões foram coletados mensalmente de setembro de 2013 a agosto de 2014, na região marinha entre os estuários dos rios Sergipe e Vaza-Barris, em nove transectos, distribuídos nas profundidades de 5, 15 e 30 m. Para as amostragens foi utilizado um barco camaroneiro equipado com uma rede double rig com malha de 20mm e 18mm no saco final. Em cada transecto o esforço amostral foi de 15 minutos/arrasto. No ponto médio de cada transecto foram monitorados a temperatura e salinidade da água (de fundo e superfície) e o sedimento, já os valeres de pluviosidade foram retirados de site específico. Os camarões coletados foram quantificados em cada transecto e mês amostrados, mensurados em relação comprimento da carapaça (mm), e anotados quanto a condição reprodutiva. O crescimento, longevidade, maturidade sexual, proporção sexual e a abundância de indivíduos em cada período de vida (classe demográfica) serão analisados e comparado entre as três espécies. Para verificar relação entre os fatores abióticos e as classes demográfica (fêmeas e machos reprodutivos e juvenis) de ambas as espécies será realizada uma Análise de Correlação Canônica (CCorrA). A compreensão sobre as influências dos fatores ambientais de uma determinada localidade na dinâmica reprodutiva de camarões peneídeos podem levar a predições sobre possíveis mudanças nesses parâmetros populacionais devido a flutuações naturais ou alterações antrópicas. Logo, estratégias de preservação que utilizam resultados de estudos sobre a ecologia de peneídeos realizados localmente, são mais efetivas no manejo sustentável das espécies exploradas, considerando o fato de que a dinâmica ecológica dos peneídeos é influenciada pelos fatores ambientais, e que esses fatores podem variar tanto localmente, quanto em diferentes latitudes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1775420 - GUSTAVO LUIS HIROSE
Interno - 1687626 - MARCELO FULGENCIO GUEDES DE BRITO
Externo à Instituição - SAMARA DE PAIVO BARROS ALVES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15368-99f189d34b