UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 29 de Janeiro de 2023

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


Notícias

Banca de DEFESA: DEBORA EVANGELISTA REIS OLIVEIRA
23/02/2015 11:38


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DEBORA EVANGELISTA REIS OLIVEIRA
DATA: 27/02/2015
HORA: 14:00
LOCAL: PRODEMA
TÍTULO: Sustentabilidade socioambiental no Ensino Superior: Um estudo com indicadores na Universidade Federal de Sergipe
PALAVRAS-CHAVES: Indicadores de Sustentabilidade. Ensino Superior. Desenvolvimento Sustentável. Agenda Ambiental da Administração Pública. Gestão Ambiental
PÁGINAS: 157
GRANDE ÁREA: Outra
ÁREA: Ciências Ambientais
RESUMO:

Esta pesquisa teve como objetivo geral analisar a Universidade Federal de Sergipe sob a ótica do Desenvolvimento Sustentável e como objetivos específicos analisar em que medida a dimensão ambiental está presente no planejamento e na gestão administrativa da UFS; selecionar indicadores de sustentabilidade relacionados ao tripé ensino, pesquisa e extensão e seus intervenientes na adminstração pública e mensurar a sustentabilidade a partir dos indicadores selecionados da UFS. Através de objetivos específicos foi possível identificar e mensurar os indicadores para a Universidade Federal de Sergipe escolhendo-se os baseados na A3P. O tipo da pesquisa quanto a abordagem é quali-quantitativa, quanto aos objetivos é uma pesquisa exploratória descritiva e quanto aos procedimentos é bibliográfica, documental e com trabalho de campo. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram entrevistas e análise de documentos da UFS. Na análise dos dados foi feita a identificação das dimensões de sustentabilidade propostas por Sachs (2002). Como resultado desta pesquisa, detectou-se uma média sustentabilidade ambiental na UFS com uma baixa participação da comunidade acadêmica em atividades ambientais. A partir destas informações foram apontados os principais entraves que estão relacionados à falta de uma estrutura ambiental técnica permanente na IES e de uma estrutura de informação ambiental. Na dimensão planejamento ambiental, não se verificou continuidade dos planos na área ambiental. Em suma, diante das carências encontradas na instituição pressupõe um olhar mais direcionado aos entraves verificados a fim de que o possa tomar decisões visando a sustentabilidade desta instituição.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1352277 - GENESIO TAMARA RIBEIRO
Externo à Instituição - IVANA SILVA SOBRAL
Presidente - 2273536 - LAURA JANE GOMES
Externo ao Programa - 1228671 - MARIA INEZ OLIVEIRA ARAUJO
Interno - 2222763 - MARIA JOSE NASCIMENTO SOARES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2023 - UFRN v3.5.16 -r18277-8067e35817