UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 24 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ARTHUR OLIVEIRA DA CRUZ
19/02/2015 15:31


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ARTHUR OLIVEIRA DA CRUZ
DATA: 27/02/2015
HORA: 14:00
LOCAL: A definir
TÍTULO: Área de uso de pequenos mamíferos em uma área de caatinga em Sergipe.
PALAVRAS-CHAVES: Gracilinanus agilis, microhabitat, Wiedomys pyrrhorhinus
PÁGINAS: 20
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Ecologia
SUBÁREA: Ecologia de Ecossistemas
RESUMO:

O habitat é definido como o espaço físico necessário a um organismo para a utilização dos recursos e definição da área de vida. Dessa forma, o habitat e sua estrutura influenciam o estabelecimento de diferentes comunidades animais através de sua complexidade (gradiente vertical) e heterogeneidade (variação horizontal). A forma como os indivíduos utilizam o ambiente em relação a esses dois fatores promove a similaridade ou a segregação entre os nichos ecológicos das espécies; possibilitando ou não sua coexistência nas comunidades. Mamíferos de pequeno porte (roedores e marsupiais) apresentam sua distribuição intimamente ligada à estrutura da vegetação, demonstrando diferentes padrões na utilização e seleção do habitat. O presente projeto tem por objetivo avaliar a área de uso de pequenos mamíferos no Monumento Natural Grota do Angico (MNGA), entre os municípios de Canindé de São Francisco e Poço Redondo. O estudo será conduzido através da utilização de armadilhas Sherman, para a captura dos indivíduos, e de carretéis de rastreamento para o mapeamento da área de uso desses animais em campanhas mensais de sete dias em duas áreas de Caatinga arbustiva arbórea do MNGA. Depois de capturados, os animais serão identificados e terão anexados ao seu dorso um carretel de rastreamento; sendo posteriormente liberados no local. O percurso registrado pela linha será acompanhado através da obtenção da distância percorrida, ângulo de mudança de direção, tipo do movimento (deslocamento no solo, subida, descida e deslocamento horizontal acima do solo) e o substrato utilizado. A amostragem da seleção e disponibilidade de micro-habitat seguirá Freitas et al. (2002) para a obtenção dos dados de cobertura do solo, cobertura de copa e obstrução foliar vertical. Espera-se a caracterização da seleção do habitat e da área de uso pelas espécies estudada no MNGA.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1819383 - ADRIANA BOCCHIGLIERI
Externo à Instituição - DANIELA FARIA FLORENCIO
Externo à Instituição - DANIELA TEODORO SAMPAIO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15440-bf36319aa9