UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 23 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: THARCIANO LUIZ TEIXEIRA BRAGA DA SILVA
02/02/2015 10:42


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THARCIANO LUIZ TEIXEIRA BRAGA DA SILVA
DATA: 06/03/2015
HORA: 14:00
LOCAL: Didática II Auditório do NPGED Campus de São Cristovão
TÍTULO: EFEITOS DO EXERCÍCIO FÍSICO RESISTIDO SOBRE A FUNÇÃO VASCULAR E PRESSÃO ARTERIAL EM RATOS: UMA REVISÃO SISTEMÁTICA E META-ANÁLISE.
PALAVRAS-CHAVES: Meta-análise; Exercício resistido; Ratos.
PÁGINAS: 81
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Educação Física
RESUMO:

Os efeitos do exercício físico resistido (exercício resistido) sobre a saúde cardiovascular ainda não são totalmente esclarecidos e se apresentam de forma bastante controversa na literatura. Embora diversos estudos demonstrem a eficiência dos efeitos do exercício resistido sobre as vias metabólicas e cardiovasculares, ainda não são totalmente compreendidos os eventos que envolvem o relaxamento vascular e a redução da pressão arterial. As meta-análises com estudos pré-clínicos é algo relativamente novo e pode favorecer orientações para novas pesquisas. Dentro deste contexto, a presente meta-análise foi realizada para avaliar os efeitos do exercício resistido sobre a função vascular e pressão arterial em ratos. Nós pesquisamos nos bancos de dados do Pubmed/Medline, Bireme, Embase, Lilacs e Cochrane Controlled Trials Database em setembro de 2014 todos os estudos originais que avaliaram os efeitos do exercício resistido sobre a função vascular e pressão arterial em ratos. A estratégia de pesquisa utilizada para obter resumos de estudos foi feita com as palavras-chave: resistance exercise and rats. Dois revisores extraíram independentemente os dados. Caso um dos pesquisadores entendesse que uma referência era elegível o artigo completo era avaliado. Em todo o processo de análise dos artigos os dois autores discutiram as dúvidas e a decisão final de qualquer desacordo das partes era feita por consenso. Treze estudos foram incluídos na amostra. Os dados foram agrupados por meio de uma meta-análise. Nossa meta-análise demonstrou que o exercício resistido em ratos não altera a sensibilidade vascular (pD2) nos relaxamentos vasculares induzidos pela acetilcolina ou nitroprussiato de sódio. Por outro lado, o exercício resistido indicou ser eficaz em promover o relaxamento vascular máximo (p< 0,01). A meta-análise de todos os estudos selecionados que avaliaram a pressão arterial demonstrou uma redução (p< 0,01) da pressão arterial média (PAM) nos animais exercitados. Em adição, a análise de subgrupo apontou que o exercício de agachamento para ratos reduz (p< 0,01) a PAM. Da mesma forma, os baixos volumes de exercício resistido e as intensidades moderadas/altas são capazes de reduzir a PAM em ratos (p< 0,05; p< 0,001, respectivamente). Os resultados da presente meta-análise dão o suporte à hipótese de que o exercício resistido melhora a função vascular e reduz a pressão arterial em ratos.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2190308 - MARCIO ROBERTO VIANA DOS SANTOS
Interno - 3545451 - PAULO RICARDO SAQUETE MARTINS FILHO
Interno - 2013648 - VITOR OLIVEIRA CARVALHO
Externo à Instituição - EDUARDO SEIXAS PRADO
Externo à Instituição - MARCELO MENDONÇA MOTA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5