UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 17 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: OLAVO JOSE MARQUES FERREIRA
15/12/2014 14:31


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: OLAVO JOSE MARQUES FERREIRA
DATA: 29/01/2015
HORA: 08:30
LOCAL: SALA 02 - PPGAGRI
TÍTULO: CULTIVO DE MILHO SOB SISTEMAS DE MANEJO E CULTURAS ANTECEDENTES NOS TABULEIROS COSTEIROS: CONSEQUÊNCIAS FÍSICAS NO SOLO E ASPECTOS PRODUTIVOS
PALAVRAS-CHAVES: Sistemas de cultivo; Zea mays; Penetração no solo.
PÁGINAS: 75
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento da resistência mecânica à penetração de um Argissolo Vermelho na região de Tabuleiros Costeiros, cultivado com quatro tipos de plantas antecedentes ao milho em três sistemas de manejo do solo. As plantas utilizadas foram o Guandu (Cajanus cajan), Milheto (Pennisetum glaucum), Girassol (Heliathus annuus) e, Crotalária (Crotalaria juncea). Quando as plantas antecedentes atingiram os 120 dias foram incorporadas ao solo ou dessecadas, de acordo com o sistema de cultivo (CC – cultivo convencional, CM – cultivo mínimo e, PD – plantio direto). O milho foi cultivado com plantadeira pneumática e a colheita das espigas verdes foi realizada aos 90 dias após o plantio e tamanhos comerciais aceitáveis. Os dados de resistência mecânica foram coletados até a profundidade de 40 cm. O CC apresentou valores menores que 2,0 MPA até os 10 cm. A associação entre milheto no CM e girassol e milheto no PD são ideais para a diminuição da RMP até 20 cm. A densidade do solo foi maior em CC com guandu em antecesão.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1316620 - ALCEU PEDROTTI
Presidente - 1352277 - GENESIO TAMARA RIBEIRO
Externo à Instituição - LIAMARA PERIN

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e