UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ALESSANDRA REZENDE MESQUITA
24/11/2014 09:34


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ALESSANDRA REZENDE MESQUITA
DATA: 15/12/2014
HORA: 13:00
LOCAL: Sala de aula Departamento de Farmácia/ Campus de São Cristovão
TÍTULO: O uso de metodologias ativas no ensino da atenção farmacêutica
PALAVRAS-CHAVES: atenção farmacêutica; metodologias ativas de ensino; competências
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

Objetivo: avaliar o uso de metodologias ativas no ensino da atenção farmacêutica. Métodos: inicialmente, foi realizada uma revisão sistemática da literatura com o intuito de identificar os estudos sobre o ensino da atenção farmacêutica no mundo. As bases de dados LILACS, PubMed, SCOPUS, EMBASE e ERIC foram revisadas, utilizando os descritores “Pharmaceutical services”, “Pharmaceutical care”, “Medication Therapy Management”, “Learning”, “Education” e “Teaching”, na busca de estudos publicados de 1960 a 2013. Em seguida foi realizado um grupo focal para obter as opiniões de um grupo de professores farmacêutico em relação ao modelo de disciplina de atenção farmacêutica, mais adequado ao Brasil. Os participantes foram convidados a fornecer as suas percepções sobre os conteúdos e as habilidades que devem ser ensinados na disciplina de atenção farmacêutica e as estratégias de aprendizagem mais adequadas. Após os conteúdos e estratégias de ensino ser determinados, o curso de atenção farmacêutica foi implementado em 2013 para avaliar as experiências dos estudantes e obter informações sobre suas preferências em relação à abordagem centrada no estudante. Finalizada esta etapa, a disciplina em novo formato foi aplicada no primeiro semestre de 2014. Os objetivos de aprendizagem foram determinados e os métodos de aprendizagem ativos utilizados foram: aula expositiva dialogada, simulações e estudos de caso. Para avaliação da aprendizagem dos discentes foram utilizados quatro tipos de exames em sala de aula (prova discursiva escrita, seminários, exame clinico objetivo estruturado - OSCE e paciente virtual). Ademais foi aplicado um instrumento, baseado na literatura, para avaliar a percepção dos estudantes sobre suas competências para a prática de atenção farmacêutica. Os dados obtidos foram analisados estatisticamente. Resultados: Na revisão sistemática de 25 artigos preencheram os critérios de inclusão. Diferentes métodos de ensino foram descritos, sendo aprendizagem baseada em problemas o método mais citado, seguido por casos clínicos, palestras, seminários e simulação. O grupo focal com professores mostrou que novos métodos de ensino devem ser implementados para garantir disciplinas de atenção farmacêutica efetivas. Na avaliação da disciplina, a maioria (94,6%) dos discentes percebeu que o uso de métodos centrados no estudante pode proporcionar o desenvolvimento pessoal e profissional. Na etapa final do estudo, 33 estudantes realizaram os quatro tipos de avaliação utilizados na disciplina. Destes, 25 eram do sexo feminino (75,75%), com idade média de 23,43 + 2,82 anos, e cursando quarto ano da graduação em Farmácia. A média geral dos estudantes nas avaliações foi 7,97 + 0,59 e desempenho no método do paciente virtual foi estatisticamente superior aos outros métodos. Na avaliação de percepção de competência para a prática de atenção farmacêutica, a comparação dos escores pré-teste e pós-teste mostrou melhora estatisticamente significativa (p < 0,05) para todas as competências avaliadas. Conclusão: o uso de metodologias ativas no ensino da disciplina atenção farmacêutica demonstrou melhoras significativas nas competências necessárias para prática da atenção farmacêutica, além de apresentar bons níveis de satisfação dos estudantes com a disciplina.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1838236 - AURELIA SANTOS FARAONI
Interno - 3571566 - JULLYANA DE SOUZA SIQUEIRA QUINTANS
Interno - 2030649 - MAIRIM RUSSO SERAFINI
Interno - 1695058 - MARCO ANTONIO PRADO NUNES
Externo ao Programa - 1694328 - WELLINGTON BARROS DA SILVA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69