UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 24 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: BRUNA TÁVORA DE SOUSA MARTINS
15/09/2014 17:58


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BRUNA TÁVORA DE SOUSA MARTINS
DATA: 19/09/2014
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DE REUNIÕES DO PPGCOM
TÍTULO: ECONOMIA, CULTURA E MEDIAÇÃO: UM ESTUDO DE CASO DA INDÚSTRIA
PALAVRAS-CHAVES: Indústria Cultural; mediação; trabalho cultural
PÁGINAS: 53
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Comunicação
RESUMO:

O presente trabalho está em fase de desenvolvimento, tendo a sua conclusão
prevista para fevereiro de 2015. Pretende-se aqui apresentar os primeiros levantamentos
teóricos e metodológicos da pesquisa, com vistas ao cumprimento do Exame de Qualificação,
além de avaliar e discutir os próximos passos propostos. O trabalho analisado tem como
objetivo descrever a estratégia concorrencial realizada no interior da Indústria Cultural a
partir do estudo de caso do programa Esquenta - exibido em canal aberto pela Rede Globo
- buscando articular as formas de construção da hegemonia às estratégias realizadas na
fase da multiplicidade da oferta. Além disso, dentre os objetivos específicos, destacam-
se, a) compreender a reorganização das industrias culturais a partir dos anos 2000, b)
caracterizar a articulação entre a produção cultural da indústria e os mecanismos de
construção da hegemonia no caso brasileiro, c) conhecer a trajetória profissional e intelectual
dos trabalhadores culturais inseridos na produção do conteúdo do programa analisado.Este
trabalho tem como justificativa a importância de caracterizar a mediação e elaboração do
consenso social que se realizam, no atual estágio da sociedade capitalista, sob ampla
subsunção ao aparato das Indústrias Culturais. Isto, para que sejam demonstradas as
articulações existentes entre a estratégia competitiva das empresas, que lhes possibilita a
realização da função publicidade, e as estratégias de construção da hegemonia das classes
dirigentes, contribuindo para uma demonstração da função propaganda. Por sua vez, no
contexto dos estudos em comunicação, a interpretação do papel da Indústria Cultural como
local da dupla função publicidade e propaganda contribui para avançar nas reflexões críticas
em torno do objeto próprio do campo. A escolha do objeto, por sua vez, é justificada por este
produto ilustrar a estratégia da Globo frente ao avanço das faixas de baixa renda como público
prioritário da TV aberta a partir de uma visibilidade afirmativa desta população, o que lhe
permite renovar seu diferencial competitivo e seu lugar privilegiado de mediação na sociedade
brasileira. Isto para confirmar ou refutar a hipótese aqui levantada de que as estratégias de
mediação verificadas no objeto respondem ao processo de concorrência da TV aberta nos
anos 2000 a partir de uma atualização da visão de mundo em torno da cultura brasileira que,
historicamente, tem sido utilizadas na luta pela hegemonia das classes dirigentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426453 - CESAR RICARDO SIQUEIRA BOLANO
Externo ao Programa - 1200318 - ROMERO JUNIOR VENANCIO SILVA
Interno - 2212799 - VERLANE ARAGAO SANTOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5