UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 22 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: JOSE RESENDE GOES
22/07/2014 11:36


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSE RESENDE GOES
DATA: 25/08/2014
HORA: 08:00
LOCAL: Mini auditório do P²CEM
TÍTULO: MODELOS DE PREVISÃO DE PROPRIEDADES PARA REVESTIMENTO CERÂMICO USANDO PLANEJAMENTO FATORIAL
PALAVRAS-CHAVES: REVESTIMENTO CERÂMICO; MODELOS DE PREVISÃO DE PROPRIEDADES; PLANEJAMENTO FATORIAL; PROPRIEDADES FÍSICAS E MECÂNICAS.
PÁGINAS: 107
GRANDE ÁREA: Engenharias
ÁREA: Engenharia de Materiais e Metalúrgica
RESUMO:

A busca da melhoria de propriedades físicas e mecânicas de cerâmica de revestimento é uma necessidade cada vez mais premente das indústrias, frente a uma concorrência cada vez maior com a globalização da economia. O uso de ferramentas estatísticas tem cada vez mais contribuído para uma evolução mais rápida do processo de desenvolvimento de produtos cerâmicos. No entanto, em vários trabalhos na literatura para predição de propriedades de materiais cerâmicos os erros experimentais não são devidamente identificados e caraterizados e, a seleção do modelo se fundamenta na maximização do coeficiente de correlação muitas vezes sem considerar os erros paramétricos associados à estimação dos parâmetros. Este trabalho teve como objetivo estudar a aplicação racional e adequada de ferramentas de modelagem estatística para predição de propriedades físicas e mecânicas da cerâmica de revestimento. Para atingir esse objetivo foi feita a caracterização física, química e mineralógica de três depósitos argilosos para avaliar a sua potencialidade para aplicação em cerâmica de revestimento e utilizada a ferramenta de planejamento fatorial para identificar e quantificar a influencia das principais variáveis nas propriedades de absorção, retração e resistência à ruptura á flexão de cerâmica de revestimento. Os modelos obtidos para absorção e retração foram considerados satisfatórios, o que não ocorreu com o modelo para ruptura à flexão. Este trabalho também demonstrou a importância da caracterização dos erros experimentais em um planejamento de experimentos, e apresenta um procedimento de como usar a ferramenta de planejamento fatorial, especialmente na modelagem do comportamento mecânico de materiais cerâmicos.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - ANDRÉ LUÍS ALBERTON
Interno - 1694103 - EULER ARAUJO DOS SANTOS
Presidente - 426679 - LEDJANE SILVA BARRETO
Interno - 1199304 - NIVAN BEZERRA DA COSTA JUNIOR
Externo ao Programa - 1338723 - ROSANE MARIA PESSOA BETANIO OLIVEIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12692-c69972fb69