UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 13 de Junho de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: ANDERSON DOS SANTOS FONTES
11/02/2014 16:30


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ANDERSON DOS SANTOS FONTES
DATA: 28/02/2014
HORA: 09:00
LOCAL: Sala de aula do LAF/UFS
TÍTULO: OBTENÇÃO E CARACTERIZAÇÃO DO PÓ DE POLPA DE CAJÁ-UMBU (Spondias spp) COM ÊNFASE AOS SEUS COMPOSTOS VOLÁTEIS
PALAVRAS-CHAVES: cajá-umbu, bioativos, voláteis, cromatografia gasosa, espectometria de massa.
PÁGINAS: 80
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Ciência e Tecnologia de Alimentos
RESUMO:

O presente trabalho teve como objetivo obter e caracterizar o pó obtido através da desidratação por spray-drying de polpa de cajá-umbu (Spondias spp) com a finalidade de obter um produto de alto valor agregado com as características nutricionais inerentes da polpa in natura com um maior tempo de armazenamento. Os pós foram obtidos em diferentes temperaturas de atomização (100 120, 140 e 160°C). Foram realizadas análises físico-químicas, compostos bioativos e compostos voláteis dos produtos desidratados. Em relação aos produtos desidratados verificou-se que a atividade de água dos pós reduziu no mínimo 64% e máximo de 86%. Os teores de sólidos solúveis (SS) apresentaram-se maiores para os produtos desidratados quando comparados a polpa in natura. A acidez e pH das amostras desidratadas apresentaram médias superiores as amostras in natura. Os teores de vitamina C para o pó de cajá-umbu em diferentes temperaturas de processo não diferiram significamente (p≤0,5). Em relação aos compostos fenólicos totais os pós obtidos em todas as temperaturas estudadas apresentaram resultados com valores satisfatórios, sendo a temperatura de 140°C com um maior valor (125,60 mg de ácido gálico/100g de fruta). O teor de flavonoides totais apresentou pouca variação em decorrência do aumento de temperatura. Os pós obtidos em todas as temperaturas contiveram a atividade antioxidante bem mais altas. A análise de compostos voláteis revelou a temperatura que resultou em maior número (29) de compostos encontrados foi de 140°C e a classe de compostos em maior quantidade foram os terpenos, sendo os compostos como o limoneno, α-pineno, β-pineno que foram encontrados, seguido dos ésteres como butanoato de etila, acetato de etila. O pó de polpa de cajá-umbu obtida por spray drying conservou a maioria dos compostos encontrados na polpa in natura, sendo assim uma excelente alternativa de conservação como também um novo produto agregado.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2481282 - ALESSANDRA ALMEIDA CASTRO PAGANI
Externo à Instituição - MARTA SUELY MADRUGA
Presidente - 6330812 - NARENDRA NARAIN

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15368-99f189d34b