UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SUSANA DE CARVALHO
05/02/2014 10:22


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SUSANA DE CARVALHO
DATA: 21/02/2014
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de aula Centro de Pesquisas Biomédicas
TÍTULO: ESTRATÉGIAS DE REPARAÇÃO NA FALA GAGUEJADA
PALAVRAS-CHAVES: fala; monitoramento; gagueira; adultos.
PÁGINAS: 70
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Saúde Coletiva
RESUMO:

Introdução: A produção da fala envolve uma série de falhas que são, automaticamente, corrigidas pelo falante indicando a existência de um sistema interno de automonitoramento. Muitas vezes consideradas como erros do processamento linguístico, tais falhas podem revelar dificuldades no processamento neuromotor ou perceptual. Objetivo: Analisar o auto monitoramento da fala de adultos que gaguejam, comparando-o ao desempenho de adultos fluentes. Material e método: Trata-se de um estudo observacional e analítico, que contou com 70 participantes, adultos, do sexo masculino, falantes nativos do português brasileiro com, pelo menos, o ensino médio completo. Os participantes foram distribuídos em dois grupos: 35 adultos fluentes e 35 adultos que gaguejam. Todos os voluntários foram convidados a proceder a leitura oral de um texto padronizado para o português brasileiro. A tarefa foi gravada e, posteriormente, transcrita literalmente. O exame das amostras de fala possibilitou a identificação dos erros e a sua classificação. Os erros foram categorizados como ignorados, corrigidos encobertos e corrigidos explícitos. Os dados, assim obtidos, foram contabilizados e submetidos a análise estatística descritiva e analítica. Resultados: Não foi observada diferença entre o número de erros ignorados por adultos fluentes ou adultos que gaguejam. Há diferenças, entre os grupos, no que diz respeito às correções, tanto de erros encobertos quanto explícitos.Conclusão: Adultos fluentes e adultos que gaguejam evidenciam as mesmas habilidades de automonitoramento da fala. As estratégias de reparação, na fala gaguejada, diferem em alguns aspectos das estratégias de falantes fluentes.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 3204497 - FRANCISCO DE ASSIS PEREIRA
Interno - 1656787 - JOSIMARI MELO DE SANTANA
Interno - 2693741 - VALTER JOVINIANO DE SANTANA FILHO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307