UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: MARIANA DE SOUZA SANTOS
29/01/2014 12:02


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: MARIANA DE SOUZA SANTOS
DATA: 14/02/2014
HORA: 09:00
LOCAL: NEREN - SALA 2
TÍTULO: Caracterização molecular via marcadores ISSR e conservação in vitro de Laeliinae (Orchidaceae) do Estado de Sergipe.
PALAVRAS-CHAVES: Orquídeas; diversidade genética; crescimento lento; sais MS; manitol; sorbitol.
PÁGINAS: 58
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

As orquídeas constituem o grupo de plantas ornamentais há mais tempo cultivadas pelo homem. A grande diversidade de cores e formas das espécies e híbridos naturais e artificiais agrega a estas plantas alto valor comercial. A destruição dos habitats naturais aliada a coleta predatória tem levado à perda da variabilidade genética das espécies, intensificando o já acentuado processo de extinção. O presente trabalho teve como objetivo caracterizar por marcadores moleculares tipo ISSR orquídeas nativas do Estado de Sergipe, bem como estudar estratégias para conservação in vitro sob crescimento lento para três espécies pertencentes à subtribo Laeliinae. Foram realizados dois experimentos de conservação, ambos em DIC, sendo o primeiro o fatorial 3x3x2, sendo três combinações de fontes de carbono e reguladores osmóticos (20 g L-1 de sacarose; 10 g L-1 de sacarose + 5g L-1 de manitol; 10 g L-1 de sacarose + 5g L-1 de sorbitol), três espécies (Epidendrum secundum Jacq., Encyclia dichroma (Lindl.) Schltr, e Cattleya tigrina A.Rich) e duas temperaturas (18 e 25ºC) e o segundo o fatorial 4x3x2, sendo quatro concentrações de sais do meio MS (100%, 75%, 50% e 25% dos sais), três espécies (Epidendrum secundum Jacq., Encyclia dichroma (Lindl.) Schltr, e Cattleya tigrina A.Rich) e duas temperaturas (18 e 25ºC). Os oito primers utilizados no trabalho revelaram um total de 87 fragmentos, todos polimórficos, que se mostraram eficientes na caracterização da coleção de estudo. A diversidade encontrada entre os individuos do estado de Sergipe é moderada, sendo menos expressiva do ponto de vista intraespecífico. Cattleya tigrina apresentou 100% de sobrevivência aos 180 dias podendo ser conservada em meio com 25% dos sais MS à 18ºC. Esta temperatura também permitiu a conservação de Epidendrum secundum por 365 dias em meio com 100% dos sais MS. Encyclia dichroma apresentou maior semsibilidade à baixa temperatura e pode ser conservada a 25ºC com 25% dos sais pelo igual período de 365 dias.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2307480 - MARIA DE FATIMA ARRIGONI BLANK
Interno - 2483844 - RENATA SILVA MANN
Externo à Instituição - ANA CATARINA LIMA DE OLIVEIRA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e