UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Junho de 2021


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ABEL FELIPE DE OLIVEIRA QUEIROZ
27/01/2014 13:22


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ABEL FELIPE DE OLIVEIRA QUEIROZ
DATA: 17/02/2014
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Pólo de Gestão da UFS
TÍTULO: INDUÇÃO DOS VOLÁTEIS DE DEFESA EM Cocos nucifera (ARECACEAE) POR Brassolis sophorae (LEPIDOPTERA: NYMPHALIDAE) E SUA INFLUÊNCIA NO COMPORTAMENTO DE BUSCA E SELEÇÃO DE Winthemia analis (DIPTERA: TACHINIDAE) E Conura morleyi (HYMENOPTERA: CHALCIDIDAE).
PALAVRAS-CHAVES: Interação tritrófica, Lagarta-das-folhas, herbivoria, parasitoides.
PÁGINAS: 18
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Ecologia
SUBÁREA: Ecologia de Ecossistemas
RESUMO:

As plantas, em geral, pelo fato de serem sésseis e não terem capacidade de fuga ativa apresentam diversas estratégias de defesa contra herbivoria. Muitas plantas, quando atacadas produzem compostos orgânicos voláteis responsáveis pela atração dos inimigos naturais dos herbívoros. Nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo verificar a liberação de voláteis de defesa do coqueiro, induzidos pela herbivoria da lagarta-das-folhas, Brassolis sophorae, e a influência destes voláteis sobre o comportamento de busca e seleção de seus parasitoides, Winthemia analis e Conura morleyi. Para isso, serão coletados voláteis de plantas de coqueiro por meio do processo headspace dinâmico sob os seguintes tratamentos: 1 – planta sadia; 2 – planta com dano mecânico; 3 – planta sob herbivoria de lagartas de B. sophorae de 1° ao 3° ínstar; 4 – planta sob herbivoria de lagartas de B. sophorae de 4° ao 6° ínstar. Os extratos obtidos serão analisados em cromatrografia gasosa acoplada a espectrometria de massas (GC-MS). As respostas dos parasitoides aos extratos serão testadas em um olfatômetro em “Y”. Espera-se que plantas de coqueiro sob herbivoria liberem compostos químicos diferentes dos compostos liberados pelas plantas sadias e que as fêmeas dos parasitoides sejam mais atraídas pelos voláteis liberados pelas plantas sob herbivoria quando comparados com voláteis de plantas sadias.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1861452 - ANA PAULA ALBANO ARAUJO
Presidente - 2019137 - BIANCA GIULIANO AMBROGI
Externo ao Programa - 7426707 - GLAUCIA BARRETTO GONCALVES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r15440-bf36319aa9