UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: THIAGO DE SOUZA OLIVEIRA
08/01/2014 10:21


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: THIAGO DE SOUZA OLIVEIRA
DATA: 23/01/2014
HORA: 15:00
LOCAL: Sala de aula do Nupec
TÍTULO: Dinâmica Produtiva e Inovativa no Arranjo Produtivo Local de Ovinocaprinocultura de Sergipe: O Caso da Associação Sergipana dos Criadores de Caprinos e Ovinos – ASCCO
PALAVRAS-CHAVES: APL; ASCCO; Ovinocaprinocultura; Economia Sergipana
PÁGINAS: 41
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
SUBÁREA: Economia Regional e Urbana
ESPECIALIDADE: Economia Regional
RESUMO:

A globalização, que no Brasil se intensificou a partir da década de 1990, provocou diversas e significativas mudanças no cenário empresarial. Com isso surge a necessidade de se repensar os modelos de desenvolvimento da produção para que as vocações regionais e locais sejam maximizadas, sobretudo focando as inter-relações, na cooperação, nas micro, pequenas e médias empresas para que se tenha acesso a novos mercados e crie-se um modelo de desenvolvimento sustentável para as mesmas.

Diante no novo contexto, diversos estudos surgem com base nas experiências internacionais, e percebe-se que o aproveitamento das sinergias coletivas, provocadas pela articulação dinâmica em arranjos e cadeias tem gerado ganhos de eficiência coletiva. Assim, o fortalecimento destas redes pode garantir a sustentabilidade, sobretudo econômica, das micro, pequenas e médias empresas, uma vez que torna-se uma fonte de vantagens duradouras, aumentando sua competitividade .

É nesse contexto que os estudos sobre arranjos Produtivos Locais surgem no Brasil, em diferentes estados do país e contemplando uma enorme variedade de setores industriais. Contudo, apesar dos diversos estudos, verificam-se lacunas consideráveis, tanto com relação à forma de mensurar estes processos quanto com relação a maneira que eles se articulam no sentido de desenvolver e agregar praticas inovativas. Além disso, cada Arranjo Produtivo Local possui particularidades e especificidades que devem ser levadas em consideração no momento da análise.

Diante desse contexto, o presente trabalho terá como objetivo analisar de que forma se dá a dinâmica produtiva e inovativa no Arranjo Produtivo Local de Ovinocaprinocultura de Sergipe, tendo como objeto de estudo a Associação Sergipana dos Criadores de Caprinos e Ovinos – ASCCO.

Vale ressaltar que, frente às mais diversas transformações sociais e da necessidade de inclusão das populações mais alijadas na geração de emprego e renda, e, consequentemente, redução das disparidades regionais, torna-se de extrema importância a utilização de novos modelos produtivos inclusivos que possibilitem a utilização das vocações regionais/locais no processo de fortalecimento das micro, pequenas e médias empresas e que elas possam concorrer no mercado com empresas de porte mais robusto.

Assim, os estudos sobre os mais diversos APLs são de extrema relevância visto que poderão balizar políticas publicas de fortalecimento aos APLs e, consequentemente, fortalecimento da atividade produtiva, geradora de emprego e renda.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 426454 - RICARDO OLIVEIRA LACERDA DE MELO
Interno - 2212884 - JOSE ROBERTO DE LIMA ANDRADE

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307