UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: BERGSON MORAIS VIEIRA
23/08/2013 14:30


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: BERGSON MORAIS VIEIRA
DATA: 30/08/2013
HORA: 14:00
LOCAL: Auditório do Departamento de Ciências Sociais - Departamental II, térreo
TÍTULO: Recrutamento e Seleção de Elites Partidárias em Sergipe: O caso dos lideres do Partido Verde
PALAVRAS-CHAVES: recrutamento de elites; engajamento; socialização; Partido Verde.
PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Sociologia
SUBÁREA: Outras Sociologias Específicas
RESUMO:

A presente dissertação esta inserida na temática sobre os estudos das elites políticas. O objetivo principal deste trabalho é analisar os dirigentes do Partido Verde (PV) no Estado de Sergipe, buscando compreender, através da análise de seus itinerários, como ocorre o processo de recrutamento e seleção dos que ocupam algum posto de liderança dentro do partido. A questão central do trabalho consistiu em apreender os principais recursos utilizados por estes lideres no sentido de lhes permitir o acesso aos postos disponíveis pelo partido. Trata-se, portanto, de examinar como diferentes se combinam diferentes recursos (sociais, culturais, profissionais, econômicos) no tocante acesso e ascensão aos postos de liderança no referido partido. Esses objetivos foram alcançados a partir de uma agenda de pesquisa estabelecida na “sociologia do engajamento”, na qual foi possível desenvolver uma estratégia teórico-metodológica que permitisse a compreensão da relação entre recursos sociais, culturais e saberes acumulados com o acesso a cargos de destaque na agremiação. Os procedimentos metodológicos adotados para a “construção” deste trabalho foram, além dos dados coletados pela literatura corrente, dados primários colhidos através de entrevistas com o grupo considerado no trabalho. Os resultados indicam que tratamos de um grupo bastante homogêneos quanto aos recursos sociais e profissionais, sendo em sua maioria, provenientes da classe média e alta e, à exemplo de outras elites partidárias, as categorias profissionais mais frequentes são os comerciantes e profissionais liberais tradicionais (RODRIGUES, 2009). Todavia, alguns elementos também demonstram que tratamos de um grupo bastante especifico, desprovido de capital militante e político o que, em alguma medida, justifica o “sucesso” num partido sem muita “força” no sistema político brasileiro. Em função disso, o PV se configurou, para uma boa parte dos que fazem parte do grupo considerado, como um importante espaço de socialização político-militante


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1195417 - WILSON JOSE FERREIRA DE OLIVEIRA
Interno - 1448425 - ERNESTO SEIDL
Externo à Instituição - IGOR GASTAL GRILL

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5