UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: JULIANA AUGUSTA MOURA
15/07/2013 10:47


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JULIANA AUGUSTA MOURA
DATA: 30/07/2013
HORA: 14:00
LOCAL: SALA 1 - NEREN
TÍTULO: Dinâmica da matéria orgânica em solo tratado com resíduos orgânicos e cultivado com citros nos tabuleiros costeiros do estado de Sergipe.
PALAVRAS-CHAVES: Citricultura, compostagem laminar, atividade microbiana, fracionamento, índice de manejo.
PÁGINAS: 107
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

No Estado de Sergipe, mais precisamente no centro-sul, a região de Tabuleiros Costeiros serve de palco para uma das maiores produções citrícolas do país. O cultivo intensivo desses solos reduz o teor de matéria orgânica que é o componente fundamental para assegurar a sua qualidade. Dessa forma, o aproveitamento dos resíduos orgânicos no formato de compostagem laminar, pode ser uma alternativa viável para a revitalização de pomares citrícolas. Sendo assim, o objetivo do presente trabalho foi a avaliação das frações lábeis e estáveis da matéria orgânica do solo, do índice de manejo do carbono e da atividade microbiana em solo tratado com resíduos orgânicos e cultivado com citros no estado de Sergipe. Foram coletadas amostras de solo em três profundidades (0-5, 5-10 e 10-15 cm) em área cultivada com laranja pêra (Citrussinensis, L. Osbeck) sob diferentes tratamentos (Manejo Convencional onde a área sob a copa da planta é mantida limpa e sem aplicação de fertilizantes; Húmus, aplicado sob a copa da planta; Compostagem laminar, com resíduos orgânicos como restos culturais e estercos dispostos em camadas alternadas sob a copa da planta; Compostagem laminar + NPK; NPK; Húmus + NPK; o mesmo solo sob Mata Nativa foi usado como referência). Os resultados foram submetidos à análise de variância para verificação de efeitos relevantes e as médias foram comparadas pelo teste de Scott-Knott a 5% de probabilidade por meio do software SISVAR® (FERREIRA, 2003). Para avaliação da atividade microbiana também foi determinado o coeficiente de correlação de Pearson (p≤5) através do aplicativo computacional SAEG (2007).O estudo do C nas frações lábeis e estáveis da matéria orgânica foram mais eficazes do que avaliação isolada do COT para verificar alterações na dinâmica do C no solo. O C-MOP se mostrou mais sensível do que o teor de C-MOC. No geral, os tratamentos que tiveram incorporação de resíduos orgânicos proporcionaram IMC próximos ao da mata nativa. A FAF ajudou a identificar as mudanças ocorridas no solo em função dos diferentes tipos de manejo. A FHUM apresentou os maiores teores de C em relação a FAF e a FAH. A incorporação de resíduos orgânicos à zona de coroamento da laranjeira também provocou um aumento das taxas de respiração microbiana, nos teores totais de matéria orgânica, assim como, a elevação de pH, P, Ca e Mg dos tratamentos quando comparados a mata nativa e ao manejo convencional. A relação de estratificação mostrou-se eficaz ao avaliar a influência das diferentes práticas de manejo entre as profundidades indicando os tratamentos Húmus, Húmus + NPK e compostagem laminar + NPK como os melhores para o cultivo de citros no município de Umbaúba. Os benefícios ocasionados ao solo, após a incorporação de resíduos orgânicos demonstram que a utilização de práticas mais conservacionistas contribui em muito para a melhoria do solo.


MEMBROS DA BANCA:
Externo ao Programa - 1834882 - ARIOVALDO ANTONIO TADEU LUCAS
Externo ao Programa - 1332873 - JOAO BASILIO MESQUITA
Presidente - 1051888 - MARIA ISIDORIA SILVA GONZAGA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e