UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: ERIKA CALDAS SILVEIRA
26/04/2013 08:04


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ERIKA CALDAS SILVEIRA
DATA: 26/04/2013
HORA: 14:00
LOCAL: SALA DE VÍDEO CONFERÊNCIA DA RENORBIO
TÍTULO:

''ÁGUA DE COCO EM PÓ (ACP-113c) NA CRIOPRESERVAÇÃO DE SÊMEN HUMANO''


PALAVRAS-CHAVES:

Meios de criopreservação. Sêmen humano. Água de coco em pó.


PÁGINAS: 252
GRANDE ÁREA: Ciências Biológicas
ÁREA: Morfologia
SUBÁREA: Embriologia
RESUMO:

Apesar das técnicas de congelação e descongelação e meios de criopreservação de sêmen humano serem aperfeiçoados ao longo dos anos, ainda não se tem um meio e protocolo ideais. A água de coco (endosperma do Cocos nucifera) é uma solução de ácido fraco e estéril, que contém proteínas, sais, hidratos de carbono, vitaminas, fatores de crescimento e fosfolipídios. A água de coco em pó (ACP) é constituída por uma fina e uniforme formulação do pó desidratado, o qual tem sido utilizado com sucesso como meios de cultura para a maturação in vitro de oócitos e embriões, e criopreservação de oócitos e espermatozoides em diferentes espécies. O objetivo deste estudo foi testar a eficiência dos meios ACP-113c e ACP-113cSequencial (ACP-113cS) (ACP Biotecnologia, Fortaleza-Ceará, Brasil)como diluentes para a criopreservação de sêmen humano em relação ao meio padrão ouro. Sêmens de pacientes que consentiram foram utilizados para preparar 30 pools, as quais foram divididos em 10 alíquotas iguais e criopreservadas utilizando diferentes meios/protocolos. Os meios padrão ouro TYB e GEYC foram utilizados como controle de acordo com a fabricante (Irvine Scientific, USA) e manual da OMS, respectivamente. Os meios, ACP-113c e ACP-113cS, foram testados com o protocolo padrão e modificado.Parâmetros de sêmen foram analisados ​​ pós-descongelação de acordo com o manual OMS e através de microscopia de epifluorescência como integridade de membrana, acrossoma e potencial de atividade mitocondrial e comparados entre os grupos. Em primeiro lugar, os parâmetros pós-descongelação do padrão ouro meios/ protocolos (TYB / TYB e GEYC / OMS) foram comparados com ACP-113c e ACP-113cS utilizando os protocolos padrão de criopreservação (ACP-113c/TYB, ACP-113c/OMS, ACP-113cS/TYB e ACP-113cS/OMS). A melhor recuperação pós-descongelação de espermatozoides entre ACP-113c e ACP-113cS media foi obtida com ACP-113cS/TYB, apesar de não ser melhor que o padrão. Com base nisso, foram comparados os parâmetros do padrão ouro meio / protocolo (TYB / TYB) com o meio ACP-113cS usando o protocolo ACP (ACP-133S/MOD). Os resultados dos parâmetros pós-descongelação mostraram que a combinação do meio ACP-113cS com o protocolo ACP-133S/MOD tinham a mesma concentração e espermatozoides progressivamente móveis recuperados que TYB / TYB. Mas, a percentagem de espermatozoides com morfologia normal pós-descongelação foram maiores no ACP-113cS/MOD. Quanto à microscopia de epifluorescência, foi observada equivalência nos parâmetros de integridade de membrana, acrossoma e atividade mitocondrial entre os dois meios. Portanto, apresentamos aqui um meio para a criopreservação de sêmen humano desenvolvido a partir de água de coco em pó na forma sequencial (ACP-113cS), que parece resultar em uma boa recuperação de espermatozoides quando associado a um protocolo modificado e comparado aos protocolos padrões existentes.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1690189 - EDILSON DIVINO DE ARAUJO
Externo ao Programa - 481.176.765-91 - HYMERSON COSTA AZEVEDO
Externo à Instituição - ISABEL BEZERRA LIMA-VERDE
Interno - 849.876.344-49 - RICARDO LUIZ CAVALCANTI DE ALBUQUERQUE JUNIOR

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307