UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 21 de Setembro de 2021


Notícias

Banca de DEFESA: ROSEANE NUNES DE SANTANA CAMPOS
14/02/2013 14:49


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: ROSEANE NUNES DE SANTANA CAMPOS
DATA: 28/02/2013
HORA: 14:00
LOCAL: SALA 2 NEREN
TÍTULO:

Óleos essenciais de plantas medicinais e aromáticas no controle de carrapatos (Arachnida: Acarina)


PALAVRAS-CHAVES:

controle alternativo; Ixodidae; carrapaticida; produtos naturais


PÁGINAS: 62
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Os carrapaticidas botânicos são produtos naturais derivados do metabolismo secundário das plantas. Esse metabolismo produz uma grande diversidade de compostos com ação acaricida que podem ser explorados através do uso de óleos essenciais ou como modelo para síntese de carrapaticidas sintéticos. A necessidade de métodos mais seguros, menos agressivos ao homem e ao meio ambiente, tem estimulado a busca de novos pesticidas a partir de produtos vegetais. Assim, objetivou-se com este trabalho i) selecionar plantas medicinais e aromáticas com atividade biológica sobre os carrapatos Rhipicephalus microplus e Amblyomma cajennense; ii) testar os efeitos subletais do óleo essencial de Chrysopogon zizanioides (Poaceae) acidez alta e acidez baixa sobre os estádios de ovo, larva e adulto de A. cajennense e R. microplus; iii) testar os efeitos letais dos óleos essenciais de C. Zizanioides acidez alta e acidez baixa sobre larvas de A. cajennense e R. microplus; iv)testar os efeitos subletais dos óleos essenciais de Pogostemon cablin (Lamiaceae), Croton sonderianus (Euphorbiaceae), Pelargonium graveolens (Geraniaceae) e Zingiber officinale (Zingiberaceae), sobre os estádios de ovo, larva e adulto de R. microplus; v) testar os efeitos letais dos óleos essenciais de P. cablin; C. sonderianus; P. graveolens sobre larvas de R. microplus; iv) A partir do óleo mais tóxico para o carrapato R. microplus, produzir uma formulação e testar os efeitos subletais e letais dessa emulsão nos carrapatos R. microplus. Os óleos essenciais foram adquiridos através da empresa Raros, sendo apenas o Z. officinale obtido por hidrodestilação da biomassa seca em um aparelho do tipo Clevenger na Universidade Federal de Sergipe. Estes óleos foram analisados por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massa (GC-MS). O estudo foi realizado na Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão-SE, Brasil. Os óleos essenciais foram emulsionados com Triton X-100, como agente surfactante, no bioensaio com os adultos e diluídos em acetona para o bioensaio de mortalidade com as larvas. No bioensaio com os adultos as fêmeas foram imersas em uma solução final (óleo com Triton X-100) por 2 minutos, calculado a oviposição depois de 14 dias. Para o bioensaio com as larvas uma solução (óleo com acetona) foi aplicada em envelopes de papel filtro fechados com clipes tipo “buldogue”, no qual estas larvas permaneceram por 48 horas. A formulação nos dois bioensaios foi diluída em água A dissertação foi dividida em dois artigos. No primeiro artigo foi demonstrado que os óleos essenciais de C. zizanioides acidez alta e acidez baixa apresentaram atividade carrapaticida sobre as espécies A. cajannense e R. microplus e no segundo artigo foi observado que O óleo essencial de P. cablin (Lamiaceae) e a formulação feita através deste óleo apresentam atividade carrapaticida sobre o carrapato R. microplus.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1352277 - GENESIO TAMARA RIBEIRO
Presidente - 1692351 - LEANDRO BACCI
Externo à Instituição - VINÍCIUS ALBANO ARAÚJO

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16088-62c448d53e