UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 20 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: DIEGO ASCENDINO TOURINHO PRATA
29/01/2013 20:04


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: DIEGO ASCENDINO TOURINHO PRATA
DATA: 07/02/2013
HORA: 17:00
LOCAL: Sala de aula do Nupec
TÍTULO:

Análise da Produção de Milho em Sergipe de 1975 a 2010


PALAVRAS-CHAVES:

Sergipe; Teoria da Oferta; milho; Brasil.


PÁGINAS: 100
GRANDE ÁREA: Ciências Sociais Aplicadas
ÁREA: Economia
SUBÁREA: Economias Agrária e dos Recursos Naturais
ESPECIALIDADE: Economia Agrária
RESUMO:

A cultura do milho vem ganhando destaque no cenário agrícola sergipano nos últimos anos, esse cultivo produziu mais de 750,7 mil toneladas de milho em 2010, registrando um Valor Bruto da Produção (VBP) de 246,4 milhões de Reais, o segundo maior VBP desta cultura no Nordeste. O Estado também apresentou o melhor rendimento médio da produção nordestina de milho, que foi de 4.123 Kg/ha. O objetivo principal deste estudo é identificar e analisar os principais fatores responsáveis pelo recente crescimento da produção de milho no Estado de Sergipe. Para isso, foi utilizado o modelo quantitativo “shift-share” que é muito usado no país para analisar a mudança tecnológica no setor agrícola. Também foi estimada uma regressão da oferta do milho no Estado de Sergipe, ao longo do período de 1975 a 2010, com a finalidade de analisar a influência das variações dos preços recebidos pelo produtor de milho no Estado, do custo de produção com fertilizantes, da área cultivada, do rendimento físico médio, além do impacto da recente mudança no padrão tecnológico da produção de milho em Sergipe (representado na regressão pela variável dummy MUDTEC). Para uma melhor compreensão do tema, o estudo foi dividido em quatro capítulos, nos quais são examinados os fatores responsáveis pela rápida elevação da produção de milho em Sergipe. O estudo mostra que, a elevação da produtividade e do preço recebido pelo milho nos últimos anos (ocasionado principalmente pelo significativo aumento da demanda por este produto no Nordeste) foram os principais fatores responsáveis pelo recente crescimento da produção de milho em Sergipe.


MEMBROS DA BANCA:
Externo à Instituição - EDSON DIOGO TAVAVES
Interno - 2212884 - JOSE ROBERTO DE LIMA ANDRADE
Presidente - 1254765 - ROSALVO FERREIRA SANTOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12646-2c874e3307