UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 25 de Outubro de 2020


Notícias

Banca de DEFESA: CARLOS ADRIANO SANTOS SOUZA
29/01/2013 17:37


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: CARLOS ADRIANO SANTOS SOUZA
DATA: 31/01/2013
HORA: 14:00
LOCAL: sala 01 do PRODEMA
TÍTULO:

 

AVALIAÇÃO DO PERFIL FARMACOTERAPÊUTICO EM PACIENTES PORTADORES DE
GLAUCOMA

 PERFIL FARMACOTERAPÊUTICO EM PACIENTES PORTADORES DE GLAUCOMA


PALAVRAS-CHAVES:

Glaucoma, medicamentos, colírios


PÁGINAS: 66
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

O glaucoma é uma doença crônica, silenciosa, caracterizada por alterações progressivas
do disco óptico e da camada de fibras nervosas da retina, com perda gradual irreversível do campo
de visão e dano ao nervo óptico. O objetivo deste trabalho foi delinear o perfil farmacoterapêutico
dos pacientes portadores de glaucoma do estado de Sergipe. Neste sentido foi realizado um estudo
transversal retrospectivo longitudinal, desenvolvido no Instituto de Olhos de Sergipe. Foram analisados
9308 pacientes, destes 65% são do gênero feminino e 35% pertencem ao gênero masculino. Entre os
fármacos mais utilizados destaca-se o Xalatan® perfazendo 34% do total das prescrições realizadas.
Além disso, foi verificado associação estatisticamente significante (c2= 48,45; p<0,05) entre a
monoterapia e a PIO anormal. Considerando a importância do glaucoma como segunda causa de
cegueira no mundo é imprescindível a realização de estudos que caracterizem adequadamente o perfil
farmacoterapêutico.

Recentemente o glaucoma foi considerado a segunda causa de cegueira no
mundo (12,3%), atrás da catarata com 47,8% e a principal causa de cegueira não curável. Na
oftalmologia, o glaucoma tem um impacto financeiro significativo para o sistema de saúde,
pois envolve uso crônico de medicamentos, procedimentos cirúrgicos, consultas e exames
complementares frequentes. Isto, sem levar em conta os custos indiretos, os quais podem incluir:
o gasto com o cuidador do deficiente visual e com a reabilitação e a incapacidade para o trabalho.
O tratamento do glaucoma representa elevado impacto em termos financeiros, em detrimento da
saúde ocular, o qual ocupa o “ranking” das doenças mais dispendiosas, atingindo uma grande
massa economicamente ativa da população. Diante disso a presente dissertação teve como meta
avaliar o perfil farmacoterapêutico dos pacientes portadores de glaucoma. Para tanto foi realizado
um estudo com 9000 pacientes durante o período de 10 meses, no qual analisou as seguintes
variáveis: gênero, idade, medicamentos utilizados no tratamento do glaucoma e co-morbidades.

 


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 1315121 - DIVALDO PEREIRA DE LYRA JUNIOR
Presidente - 1334092 - FRANCILENE AMARAL DA SILVA
Externo ao Programa - 2941412 - RODRIGO ALMEIDA SIMOES

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5