UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 05 de Outubro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente


PROFHISTOR

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO PROFISSIONAL EM ENSINO DE HISTÓRIA

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Notícias

Banca de DEFESA: JOSÉ ABRAÃO REZENDE GOVEIA
12/09/2022 14:03


Uma banca de DEFESA de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: JOSÉ ABRAÃO REZENDE GOVEIA
DATA: 12/09/2022
HORA: 09:30
LOCAL: Sala de reuniões do ProfHistória – Pólo de Gestão/Vivência
TÍTULO: A FESTA DO VAQUEIRO DE PORTO DA FOLHA: CORDELIZANDO VAMOS ENSINANDO A HISTÓRIA E ESTUDANDO O ALTO SERTÃO SERGIPANO
PALAVRAS-CHAVES: Ensino de História; Festa do Vaqueiro; Porto da Folha; História local; Folheto de Cordel;
PÁGINAS: 309
GRANDE ÁREA: Ciências Humanas
ÁREA: Educação
SUBÁREA: Ensino-Aprendizagem
ESPECIALIDADE: Métodos e Técnicas de Ensino
RESUMO:

As festas, ao longo do tempo, vêm fazendo parte da história da população brasileira, com seus rituais, simbolismos, tradições,costumes, estruturas, seus significados e (re)significados, mudanças e permanências, continuidades e transformações, essas vêm sendo celebradas e transmitindo experiências sociais e culturais diversas. O objetivodesse trabalho é proporcionar, aos alunos dos anos finais do ensino fundamental, conhecimentos sobre a Festa do Vaqueiro de Porto da Folha-SE, relacionando esse evento a uma construção histórica no tempo, bem como de forma interdisciplinar. Diante dessa proposta, foi realizada entre os anos de 2020 e 2022uma pesquisa de campo sobre a referida festa, de forma a procurar entender a sua organização e dinâmica durante os 49 anos de sua existência. Com isso, fizemos um levantamento documental através da Sociedade Recreativa Parque Nilo dos Santos, que organiza a festa, através de seu regimento, atas de reuniões, listas de frequências, fichas de sócios da entidade, uma entrevista, e diálogos com alguns dos seus associados, alguns moradores da cidade, alunos e lideranças religiosas do município, ou seja, realizamos um levantamento de registros fotográficos na entidade mencionada -entre seus sócios e moradores antigos, na paróquia e na prefeitura municipal -, e analisamos a legislação da Festa do Vaqueiro nas esferas municipal e estadual, assim como pesquisamos acontecimentos sobre a festa registrados em boletins de ocorrência na Delegacia de Polícia de Porto da Folha-SE entre os anos de 2009 a2019. Nesse sentido, com esse levantamento, relacionamos o produto dessa pesquisa ao cordel, prática realizada pelo autor desta pesquisa em suas aulas de história, em que é utilizado sextilhas de cordel para ensinar aos seus alunos. Dito isto, foi produzido paraesse trabalhocempáginas de um folheto de cordel formato sextilha com ilustrações sobre a história da festa do vaqueiro de Porto da Folha-SE, com o intuito de serem utilizadas pelos alunos em sala de aula. Já no tocante às vaquejadas, vaqueiros e festas populares, teoricamente discutimos com João Capistrano de Abreu (1962), Euclides da Cunha (2012), Câmara Cascudo (1984), Laura de Albuquerque Maurício (2006), José Adeilson dos Santos (2018), Giulle Vieira da Mata (2003), Maria Luíza Coelho Cavalcanti (2017), Mary Del Priore (1994). Quanto à história local, atentamo-nos para os pesquisadores Circe Bittencourt (2009), Marcos Martins (2010), Maria Auxiliadora Schimdt (2007). Analisamos, também, a BNCC e articulamos seus objetos do conhecimento à Festa do Vaqueiro de Porto da Folha-SE e ao uso do cordel em sala de aula, como parte dasvivências de nossos alunos, na qual estes possam compreender conceitos, problematização e valorizem as suas histórias e desenvolvam senso crítico frente a sua realidade social, econômica, cultural e histórica.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 2872833 - LUCAS MIRANDA PINHEIRO
Interno - 1204508 - PAULO HEIMAR SOUTO
Interno - 2707438 - ANDREZA SANTOS CRUZ MAYNARD
Externo à Instituição - MAGNO FRANCISCO DE JESUS SANTOS

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18065-d9fd593188