UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 27 de Setembro de 2021


PPGAGRI

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRICULTURA E BIODIVERSIDADE

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Notícias

Banca de DEFESA: VALDINETE VIEIRA NUNES
23/09/2021 15:50


Uma banca de DEFESA de DOUTORADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: VALDINETE VIEIRA NUNES
DATA: 25/10/2021
HORA: 14:00
LOCAL: https://meet.google.com/zoh-safe-ana
TÍTULO: Estudos genéticos-genômicos em Hancornia speciosa Gomes: árvore medicinal e frutífera nativa da América do Sul
PALAVRAS-CHAVES: bibliometria; bioeconomia; genômica populacional; genotipagem por sequenciamento; mangaba; SNP.
PÁGINAS: 99
GRANDE ÁREA: Ciências Agrárias
ÁREA: Agronomia
RESUMO:

Hancornia speciosa é uma árvore frutífera e medicinal nativa da América do Sul, no Brasil compõe a lista de plantas prioritárias para o desenvolvimento de pesquisas. Nesse contexto, o presente estudo teve como objetivos: i) mapear o estado da arte por meio de artigos, patentes e dados moleculares da espécie visando elencar perspectivas para novas pesquisas; ii) avaliar a variabilidade fenotípica de frutos, sementes e plântulas e estimar a diversidade genética em população natural de Sergipe visando fornecer informações que contribuam para a conservação e melhoramento genético; e iii) adotar uma abordagem integrada da modelagem de distribuição de espécies (MDE) e genômica populacional, para investigar a distribuição ecológica e diferenciação genética de populações naturais do Nordeste e Centro-Oeste. Foram avaliados a produção científica, tecnológica e disponibilidade de dados moleculares em bancos públicos. Variáveis fenotípicas dos frutos, sementes e plântulas foram mensuradas e a diversidade genética estimada por marcadores ISSR. A partir de registros de ocorrências e variáveis bioclimáticas usando a MDE foram identificadas áreas de maior adequabilidade e amostradas seis populações naturais. Que foram genotipadas por sequenciamento para análise da diversidade e estrutura genômica. O Brasil é o país de origem das 310 publicações e 29 patentes, que foram produzidas majoritariamente por pesquisadores afiliados a universidades públicas. Os dados moleculares disponíveis em bancos públicos são sequências de nucleotídeos e proteínas do genoma cloroplastidial. 53,21% dos frutos apresentam diâmetro longitudinal entre 27,5 e 35 mm e o transversal 63,15% dos frutos estão entre 24,5 e 35 mm. As sementes apresentaram valores médios de comprimento, largura e espessura de 9,98 mm, 8,21 mm e 3,97 mm, respectivamente. As plântulas com parte aérea variando entre 3,0 a 8,5 cm, comprimento da raiz de 4,0 a 15,8 cm e massa seca de 80 a 103 mg.plantula-1. As estimativas genéticas foram He = 0,40, I = 0,50, Na = 2,0, Ne = 1,71 e 55,29 de similaridade. De acordo com a MDE, áreas com maior adequabilidade (0,75 a 1,00) estão situadas na Mata Atlântica (litoral nordestino) e Cerrado (Brasil central). Foram identificados 5.046 SNPs (4.691 neutros e 355 outliers). As análises genômicas baseadas em SNPs neutros revela diversidade moderada, excesso de heterozigotos (f = -0,122 a -0,066) em todas as populações e 343 alelos privados. Maior variação genética ocorre dentro das populações (64%), a diferenciação genética entre as populações do Nordeste e Centro-Oeste são altas (Fst = 0,385 a 0,544) e a estrutura genômica é baseada em dois grupos bem definidos e fortemente associados à origem geográfica. A compilação e análise das informações científicas, tecnológicas e moleculares realizadas neste trabalho permite identificar as linhas de pesquisas desenvolvidas, as lacunas do conhecimento sobre a espécie e contribui para direcionar novas pesquisas. A população de Sergipe apresenta alta diversidade genética e variabilidade fenotípica com potencial para fornecer propágulos para o enriquecimento de populações naturais e restauração florestal. Com base nos resultados a diferenciação genômica entre populações do Nordeste e Centro-Oeste se deve ao isolamento pela distância. SNPs outiliers podem ser o ponto de partida para estudos de adaptação local.


MEMBROS DA BANCA:
Interno - 2241349 - ARIE FITZGERALD BLANK
Externo à Instituição - ELISA SERRA NEGRA
Externo à Instituição - HELOISA OLIVEIRA DOS SANTOS
Externo à Instituição - MARIA IMACULADA ZUCCHI
Presidente - 2483844 - RENATA SILVA MANN

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2021 - UFRN v3.5.16 -r16104-201f40f5e2