UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 09 de Dezembro de 2022

A UFS preocupa-se com a sua privacidade

A UFS poderá coletar informações básicas sobre a(s) visita(s) realizada(s) para aprimorar a experiência de navegação dos visitantes deste site, segundo o que estabelece a Política de Privacidade de Dados Pessoais. Ao utilizar este site, você concorda com a coleta e tratamento de seus dados pessoais por meio de formulários e cookies.

Ciente

PPGCF

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Notícias

Banca de QUALIFICAÇÃO: SARA FERNANDA MOTA DE ALMEIDA
29/11/2022 09:19


Uma banca de QUALIFICAÇÃO de MESTRADO foi cadastrada pelo programa.
DISCENTE: SARA FERNANDA MOTA DE ALMEIDA
DATA: 15/12/2022
HORA: 14:00
LOCAL: online
TÍTULO: Desenvolvimento de carreador lipídico nanoestruturado contendo óleo essencial de Cinnamomum zeylanicum Blume como formulação despigmentante.
PALAVRAS-CHAVES: Clareador; Tirosinase; Óleo essencial de canela; Carreador Lipídico Nanoestruturado; Hipercromias.
PÁGINAS: 60
GRANDE ÁREA: Ciências da Saúde
ÁREA: Farmácia
RESUMO:

A pele é constantemente exposta à poluição do ar e a radiação ultravioleta, podendo causar aumento da produção de espécies reativas de oxigênio e distúrbios da pigmentação. No mercado existem diversos ativos que permitem clarear áreas hiperpigmentadas da pele, porém, podem ocasionar reações irritantes e dermatites, além de eficácia limitada. Como alternativa para minimizar essas reações, o óleo essencial de canela (OEC) (Cinnamomum zeylanicum Blume), componente natural e inibidor da tirosinase, pode atuar de forma eficaz e segura nos distúrbios hiperpigmentares, ampliando a oferta de tratamentos. Entretanto, os óleos essenciais apresentam alguns problemas, como alta volatilidade, baixa estabilidade e pouca penetração na pele, que podem ser superados com estratégias tecnológicas, como os Carreadores Lipídicos Nanoestruturados (CLNs), capazes de superar essas limitações, além de controlar a liberação de ativos na pele. Dessa forma, o presente trabalho propõe desenvolver uma formulação nanoestruturada contendo óleo essencial de Cinnamomum zeylanicum Blume como clareador da pele. Inicialmente, o OEC, adquirido comercialmente, foi caracterizado através de cromatógrafo gasoso acoplado à espectrômetro de massas e analisado em relação à inibição da tirosinase e atividade antioxidante, pelos métodos DPPH, ABTS e β-caroteno/ácido linoléico. Em seguida, foi realizada uma triagem para seleção do lipídeo sólido, a ser utilizado para incorporação do OEC, através de análise visual e análises por DSC das misturas binárias. Posteriormente, os CLNs foram obtidos pelo método de microemulsão à quente/sonicação, a partir dos constituintes manteiga de abacate e OEC, na fase oleosa, água e tensoativo (Tween 80®), na fase aquosa. Por conseguinte, foi realizada a caracterização dos CLNs por meio do tamanho de partícula, Índice de Polidispersividade (IPD), Eficiência de Encapsulação (EE) e Microscopia Eletrônica de Transmissão (MET). Como resultados, o OEC, proveniente da casca, apresentou como componente majoritário, o trans-cinamaldeído (70,59%) e atividade anti-tirosinase de 48% na concentração 80 µg/mL e 77%, na concentração de 800 µg/mL. Em relação às análises antioxidantes, o OEC obteve maior capacidade de reduzir os radicais ABTS (IC50 =143,30 µg/mL), comparado aos IC50 (254,41 µg/mL; 1075,55 µg/mL), para DPPH e β-caroteno/ácido linoléico, respectivamente. Os CLNs foram obtidos com sucesso, com tamanho nanométrico (< 200 nm), IPD (<0,5) e alta eficiência de encapsulação (> 97%). Através do MET, foi possível confirmar, nas imagens diretas, a formação das partículas esféricas e o tamanho nanométrico dos CLNs. Etapas de citotoxicidade, análise térmica dos CLNs e estudos de liberação já estão em andamento. Ao final do estudo, pretende-se que as formulações nanoestruturadas sejam estáveis, seguras e promissoras para o clareamento de hipercromias, como o melasma, lentigo solar e sardas, que impactam na qualidade de vida dos indivíduos e muitas vezes são de difíceis tratamento.


MEMBROS DA BANCA:
Presidente - 1686032 - ANA AMELIA MOREIRA LIRA
Interno - 032.657.764-50 - JOSÉ GUEDES DE SENA FILHO
Externo à Instituição - TAYANE DE CÁSSIA DIAS MENDES SILVA

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2022 - UFRN v3.5.16 -r18160-36a7f68df5