UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 05 de Junho de 2020

ARQUITETURA E URBANISMO/DAU - Laranjeiras

 

curso  Nível  Graduação

DEPARTAMENTO DE ARQUITETURA E URBANISMO - DAU

Notícias

2019.1 Tópicos Especiais: PROJETO DE INTERVENÇÃO NO PATRIMÔNIO - prof. Pedro Murilo


ARQUI0047: Tópicos Especiais de Planejamento I - Projeto de Intervenção no Patrimônio Arquitetônico e Urbano

Sem pré-requisito


A disciplina reúne as práticas de preservação da arquitetura e cidade existentes e a aplicação de procedimentos e instrumentos de projeto para a intervenção contemporânea nos bens culturais. Abrange estudos subsidiários de fatores de projeto que permitem o diagnóstico do estado de conservação dos edifícios, conjuntos e sítios históricos, incluindo o estudo de patologias da construção, formas de tratamento de sistemas construtivos antigos e contemporâneos e a reflexão sobre usos e programas compatíveis. Contempla o desenvolvimento projetual de soluções arquitetônicas e urbanas que garantam e ampliem o conhecimento histórico do patrimônio, sua valorização e transmissão às gerações futuras. 


Bibliografia básica

 

AZEVEDO, P. O. A restauração arquitetônica entre o passado e o presenteRevista RUA, Salvador, vol. 6, n. 1, p. 18-23, FAUFBA, 2003.

BRASIL. Ministério da Cultura. Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Caderno de Documentos n. 3: Cartas Patrimoniais. Brasília: MinC; IPHAN, 1992.

CARSALADE, F. L. Intervenção e restauro em arquitetura: um problema arquitetural. In: ARQUIMEMÓRIA, 3., Salvador. Anais eletrônicos... Salvador: UFBA, 2008.

COIAS, V. Inspeções e ensaios na reabilitação de edifícios. Lisboa: IST, 2006.

DE VITA, M. Verso il restauro: Temi, tesi, progetti, percorsi didattici per la conservazione. Firenze: Firenze University Press, 2012.

DOURADO, O. Conservação ou invenção: notas sobre uma relação ambígua. In: CARDOSO, L. A. F.; OLIVEIRA, O. F. (Org.). (Re)discutindo o modernismo: universalidade e diversidade do movimento moderno em arquitetura e urbanismo no Brasil. Salvador: Mestrado em Arquitetura e Urbanismo da UFBA, 1997. p. 139-146.

MARCONI, P. Il restauro e l’architetto: teoria e pratica in due secoli di dibattito. Venezia: Marsilio, 1993.

RIBEIRO, R. T. M.; NÓBREGA, C. (Org.). Projeto e patrimônio: reflexões e aplicações. Rio de Janeiro: Rio Books, 2016.

OLIVEIRA, M.M. A prancheta, o canteiro e a durabilidade do construídoRevista RUA, Salvador, v.2, n.3, p.117- 131, 1989.

ZANCHETTI, S. M.; MARINHO, G.; MILET, V. (Org.). Estratégias de intervenção em áreas históricas. Recife: MDU/UFPe, 1995.   


Notícia cadastrada em 02/04/2019 14:51  

Baixar arquivo

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r10840-e5b57c044