UFS › SIGAA - Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas São Cristóvão, 26 de Outubro de 2020

CIÊNCIAS BIOLÓGICAS/DBI - São Cristóvão

 

Course  Level  Graduate

DEPARTAMENTO DE BIOLOGIA - DBI

News

Programa de Inovação Tecnológica


Programa Start-Up Brasil abre inscrições para 100 startups

 

Empreendedores têm até o dia 14 de julho para inscrever as empresas de tecnologia que serão aceleradas; Confira as novidades do edital de 2014

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) abre nesta quarta-feira (28) o edital para a seleção de 100 startups de tecnologia para o Programa Start-Up Brasil. As inscrições começam a partir de hoje e vão até dia 14 de julho.

O edital contém duas etapas, sendo que a primeira vai selecionar 50 startups, sendo 75% das vagas destinadas a empresas brasileiras e 25% a empresas internacionais. Na segunda fase, serão selecionadas mais 50 startups, na mesma proporção. As atividades do programa serão iniciadas no próximo semestre, sem data definida até o momento.

Os interessados podem se inscrever pelo site do programa. As empresas que já receberam investimentos pelo programa não podem participar novamente. Já candidatos que moram fora do país há mais de três anos podem participar da iniciativa na categoria startup internacional e não precisam apresentar CNPJ.

Lançado em novembro de 2012, o Start-Up Brasil integra programa TI Maior, do MCTI, e tem por objetivo apoiar empresas nascentes de tecnologia através de parcerias com aceleradoras. Segundo o secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência, Tecnologia e Informação (Sepin/MCTI), Virgilio Almeida, das 150 startups previstas para 2014, 100 já foram apoiadas e estão desenvolvendo projetos.

De acordo com o MCTI, a primeira turma selecionada pelo edital aberto em 2013 alcançou os seguintes resultados: 73% das startups operam com produtos funcionais (contra 41% no início do programa) e 53% já estão faturando. No total, R$ 1,3 milhão de investimentos externos foram captados entre setembro de 2013 e janeiro de 2014. “Já aplicamos R$ 20 milhões nessas companhias inovadoras. Até o fim deste ano cumpriremos as metas iniciais previstas”, afirmou Almeida.


Notícia cadastrada em 30/05/2014 13:39  

SIGAA | Superintendência de Tecnologia da Informação/UFS | Telefonista/UFS (79)3194-6600 | Copyright © 2009-2020 - UFRN v3.5.16 -r12712-85cc87cea5